6 dicas para escolher a porta ideal para cada ambiente


Quando se fala em portas, o mercado oferece uma quantidade enorme de possibilidades para dar conta dos mais variados projetos arquitetônicos. Não somente nos materiais, mas também no que diz respeito aos modelos, desenhos e composições, as portas são de diferentes tipos e podem ter finalidades e aplicações distintas nos ambientes de sua casa ou apartamento. Logo, você vai ser capaz de selecionar um tipo ideal para cada espaço do seu imóvel, seja interno ou externo, de acordo com seus desejos estéticos, funcionalidade do objeto e facilidade de limpeza e manutenção. Veja algumas dicas para escolher as portas mais ajustadas para os ambientes de sua residência!


As portas de abrir

Esses são os modelos mais tradicionais e rotineiramente encontrados no mercado, podendo ser fabricados em alumínio, madeira, partes em plástico, entre outras matérias-primas. Podem ainda ser sólidas ou vazadas, lisas ou com detalhes. A diversidade desta opção, que aproveita, na maioria das vezes, duas ou três dobradiças para permitir o acesso ao ambiente, além de um batente, faz com que seja excelente para qualquer tipo de recinto ou divisória de espaço. Já que se destacam também por adaptar boa vedação contra ruídos e terem grande durabilidade, são amplamente usadas nos ambientes internos.

As portas pivotantes

Este é um tipo de porta no qual a prancha de acesso gira por sobre um eixo vertical, tornando-se uma ótima opção para valorizar as entradas de residências e imóveis comerciais. O modelo requer espaço mais largo para instalação, apesar de ser fácil de ser assentada no local, pois em geral a porta é acoplada ao pivô superior e ao pino inferior, a fim de permitir o movimento. Os materiais usados podem ser os mais diversos, mas o pino pivotante normalmente é de metal.

As portas de correr

Neste tipo, a tábua fica sobre um trilho ou caminho, e quando alguém deseja abri-la, basta deslizá-la para o lado esquerdo ou direito, conforme a instalação. O ideal é que o deslizamento seja suave. O modelo acomoda mais amplitude ao ambiente, já que a porta não toma espaço quando aberta, mas penetra na abertura dentro da parede. É indicada para vários ambientes, de varandas a quartos, de banheiros a áreas de serviço, dependendo de onde pretende-se ganhar espaço.

As portas sanfonadas

Esse modelo opera por meio de um trilho, sobre o qual a porta, que está dividida em camadas, se dobra e fica agregada na extremidade. Sua instalação não é complexa, e atende muito bem a banheiros, cozinhas e divisões simples em espaços comerciais. Apesar do ganho evidente de espaço, são pouco eficazes em filtrar o som e a luminosidade.

As portas articuladas

Modelo que funciona por meio da junção de duas tábuas ajustadas a um batente e um trilho, de modo que a porta se dobra ao meio, como se fosse uma porta sanfonada, só que de apenas duas camadas. Também há um ganho de espaço com essa opção, e sua vedação é um pouco maior, embora menos eficiente do que as portas de abrir simples. Também são chamadas de portas camarão.

As portas bang-bang

Esse modelo, conhecido também por vários outros nomes, como portas saloon ou balcão, são boas para ambientes que tenham grande circulação, como áreas de serviço ou cozinha. O tipo corresponde a duas bandas, em geral de madeira, decoradas ou não, presas a dobradiças, sem ocupar todo o espaço da passagem, do teto ao chão. Elas não têm fechadura, e são acionadas com um simples empurrão.

Se você pesquisar bem, vai encontrar uma porta do jeitinho que você deseja para o ambiente de seu imóvel. Lembre-se de listar o quanto você quer de praticidade e funcionalidade na hora de adquirir esses objetos, e não somente a beleza do acesso. Já escolheu suas portas?

#portas #modelosdeportas

Featured Posts
Posts em breve
Fique ligado...
Recent Posts
Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square